Discussão - Satanás é uma pessoa espiritual?

Moderador: Bereano

Re: Discussão - Satanás é uma pessoa espiritual?

Mensagempor Bereano » Dom Jan 09, 2011 1:29 pm

continuando a refutação do texto:

Raciocine sobre este ponto:

Como foi possível Adão pecar se era perfeito?

Sobre Adão ser perfeito, leia Gênesis 1:27, 31 e Deuteronômio 32:4. Quando Deus declarou a respeito de sua criação terrestre, incluindo o homem e a mulher, que tudo era “muito bom”, que queria dizer ele? Para Alguém, cuja atividade é perfeita, dizer que o que tinha feito era “muito bom”, deve ter estado à altura de suas normas perfeitas.


Raciocinemos,

A Bíblia não diz que Adão era perfeito, a Bíblia diz que tudo o que Javé fez "era muito bom", Adão tinha a capacidade de ser tentado e pecar logo não era perfeito, mas era muito bom para aquilo que tinha sido criado, Javé queria que Adão e Eva escolhessem obedecê-lo em amor. Deus criou-os como queria que eles fossem. Os anjos sim são perfeitos, partilhando da natureza divina, os humanos não, os humanos são carnais, uma natureza diferente. Jesus partilhou da mesma natureza(Heb 2:14), e como nunca pecou, quando morreu foi ressuscitado sendo aperfeiçoado: "tendo sido aperfeiçoado, tornou-se o Autor da salvação eterna para todos os que lhe obedecem" (Hebreus 5:9). O Sacrifício de Jesus foi aceite não porque, como dizem as Testemunhas de Jeová, que ele era perfeito, mas porque ele tinha a mesma natureza fraca de Adão, mas ao contrário de Adão ele nunca sucumbiu à tentação - nunca pecou.

Será que a perfeição requeria que Adão e Eva fossem incapazes de fazer o que é errado? Quem faz um robô espera que este faça exatamente o que ele programou que fizesse. Mas um robô perfeito não seria um humano perfeito. As qualidades consideradas essenciais não são as mesmas. Adão e Eva eram humanos, não robôs. Deus deu à humanidade a capacidade de escolher entre o certo e o errado, entre a obediência e a desobediência, para fazer decisões morais. Visto que foi assim que os humanos foram projetados, a incapacidade de fazer tais decisões (e não uma decisão insensata) é que indicaria a imperfeição. — Veja Deuteronômio 30:19, 20; Josué 24:15.


Mais uma vez, o relato não diz que eles eram perfeitos, e sabemos que o não eram porque pecaram e se rebelaram contra Deus. O que indica imperfeição é ser tentado e poder pecar, eles eram imperfeitos mas muito bons para aquilo que foram feitos. Esta imperfeição em nada é contra Deus, porque foi a Sua vontade, se eles tivessem obedecido a Deus como o poderiam ter feito, não deixariam de ser muito bons.

Para que Adão e Eva se qualificassem como tendo sido criados perfeitos, precisavam ser corretas daí para frente todas as decisões deles? Isso equivaleria a dizer que não tinham escolha. Mas Deus não os fez de tal modo que a obediência deles fosse automática. Deus lhes concedeu a capacidade de escolha, para que lhe obedecessem por amor. Ou, se permitissem que seu coração se tornasse egoísta, tornar-se-iam desobedientes. O que lhe agrada mais — quando alguém faz alguma
coisa porque se sente forçado a fazê-la ou porque ele quer fazê-la? — Veja Deuteronômio 11:1; 1 João 5:3.

Como podiam tais humanos perfeitos tornar-se egoístas, levando-os isso a praticar atos de pecado? Embora criados perfeitos, seus corpos físicos não continuariam a funcionar com perfeição se não fossem providos de alimento adequado. Portanto, assim também, se deixassem sua mente alimentar-se de pensamentos errados, isso causaria degradação moral, pecaminosidade. Tiago 1:14, 15 explica: “Cada um é provado por ser provocado e engodado pelo seu próprio desejo. Então o desejo, tendo-se tornado fértil, dá à luz o pecado.” No caso de Eva, os desejos errados começaram a se desenvolver quando ela escutou com interesse a Satanás, que usou uma serpente como porta-voz. Adão cedeu quando sua esposa instou com ele para que se unisse a ela em comer do fruto proibido. Em vez de rejeitarem os pensamentos errados, ambos alimentaram desejos egoístas. O resultado foram atos pecaminosos. — Gên. 3:1-6.


Os anjos não pecam contra Deus, e não são forçados, forçados é quando nossa natureza diz uma coisa e temos que ir contra isso, nos anjos, ou seja na natureza divina não existe essa luta interior como existe nos humanos. Por exemplo as Escrituras dizem que "Deus não pode mentir", logo ele não tem livre-arbítrio? Claro que tem, mas simplesmente a sua natureza não leva à mentira, assim como as dos anjos não leva a mentir ou a contradizer Deus. A Bíblia diz que eles partilham da natureza divina, ou seja partilham da natureza de Deus, ninguém em seu são juízo diria que essa natureza levaria a rebeliões ou pecado.

O relato não diz que Eva escutou com interesse a Satanás, isso é um interpolação, o relato, e todo o Génesis nunca mencionam satanás e como eu já expliquei acima, Javé culpou os humanos por tudo o que aconteceu. Se houvesse um anjo caído fazendo as pessoas pecar, sendo um ser muito mais poderoso, não teria sido justo Deus culpar e condenar à morte Adão e Eva e seus descendentes, muito mais que no relato ninguém os avisou para terem cuidado com esse suposto espiritual maligno.

Por que não destruiu Deus a Satanás imediatamente após ele ter-se rebelado?

Sérias coisas foram questionadas por Satanás: (1) A justeza e a retidão da soberania de Deus. Estava Jeová retendo da humanidade uma liberdade que contribuiria para a felicidade dela? Será que a capacidade de a humanidade dirigir ela mesma seus assuntos com bom êxito e a preservação de sua vida dependiam realmente da obediência a Deus? Foi Deus desonesto ao dar uma lei que declarava que a desobediência conduziria à morte? (Gên. 2:16, 17; 3:3-5) Portanto, tinha Deus realmente o direito de governar? (2) A integridade para com Deus da parte de criaturas inteligentes. Em razão do desvio de Adão e Eva, surgiu a pergunta: Será que os servos de Jeová lhe obedeciam realmente por amor ou poderia dar-se que todos eles abandonariam a Deus para seguir a liderança de Satanás? Esta última questão foi adicionalmente desenvolvida por Satanás nos dias de Jó. (Gên. 3:6; Jó 1:8-11; 2:3-5; veja também Lucas 22:31.) Essas questões não poderiam ser resolvidas pela mera execução dos rebeldes.


Isto não merece comentário porque não é encontrado na Bíblia, é tudo invenção das Testemunhas de Jeová. Eu desafio as TJ que produzam texto Bíblico fazendo uma biografia de Satanás criatura espíritual, desde o seu tempo que supostamente era um arcanjo fiel, quando se rebelou, e tudo o mais que é dito na citação acima.(Ou seja passagens Bíblicas, que digam que Satanás é um anjo caído, onde diz que ele teve inveja e se rebelou, onde diz que Satanás questionou a soberania de Javé, etc).

Não que Deus precisasse provar alguma coisa para si mesmo, mas, para que essas questões nunca mais perturbassem a paz e o bem-estar do universo, Javé permitiu amplo tempo para que fossem resolvidas sem nenhuma sombra de dúvida. Que Adão e Eva morreram após a desobediência a Deus ficou evidente no devido tempo. (Gên. 5:5) Havia, porém, mais coisas em questão. Assim, Deus vem permitindo tanto a Satanás como aos humanos que tentem toda forma de governo criado por eles próprios. Nenhum governo trouxe felicidade duradoura. Deus deixou a humanidade ir ao extremo na busca de modos de vida que desconsideram as Suas normas justas. Os frutos falam por si mesmos. Conforme diz a Bíblia verazmente: “Não é do homem que anda o dirigir o seu passo.” (Jer. 10:23) Ao mesmo tempo, Deus tem dado a seus servos a oportunidade de provarem sua lealdade a ele por meio de atos de obediência por amor, e isso em face de engodos e perseguição instigados por Satanás. Javé exorta seus servos, dizendo: “Sê sábio, filho meu, e alegra meu coração, para que eu possa replicar àquele que me escarnece.” (Pro. 27:11) Os que revelam ser fiéis recebem grandes benefícios agora e têm a perspectiva de vida eterna com perfeição, vida esta que usarão para fazer a vontade de Jeová, cuja personalidade e caminhos amam genuinamente.


Javé por alguma coisa é Todo-Poderoso, é impensável, que Ele tivesse medo que "essas questões perturbassem a paz e o bem-estar do universo". A vontade de Deus é feita no céu, a Bíblia nos diz isso, e nos diz quem são os rebeldes - os humanos. Tudo o resto é superstição e uma maneira de inculcar medo nos aderentes da religião. Deus deu um tempo aos humanos, porque Eles O rejeitaram, mas vemos que tudo o que têm feito não tem resolvido nenhuns dos problemas do mundo. Só Deus enviando Jesus irá resolver a situação. Os humanos não precisam de um anjo segrede aos seus ouvidos para pecar, eles sabem fazer isso muito bem sozinhos. Veja as passagens que eu já citei em outras respostas acima na refutação, em que os humanos são culpados desde Génesis a Apocalipse. Se os anjos podem pecar e se rebelar, depois de Jesus fazer o ato supremo de redenção da humanidade quem garante que um dos anjos ou até mesmo um dos humanos não se revolte contra Deus mais tarde? Mas como já tenho mostrado nas passagens Bíblicas que citei isto é uma impossibilidade, porque Jesus veio para salvar os humanos, e os que se acharem dignos serão como os anjos vivendo para sempre e fazendo a vontade do Criador. Se vivem para sempre não poderão pecar porque o salário do pecado é a morte.

Quão poderoso elemento é Satanás no mundo de hoje?

Jesus Cristo referiu-se a ele como “o governante do mundo”, a quem a humanidade em geral obedece, seguindo as suas instigações de desprezar os requisitos de Deus. (João 14:30; Efé. 2:2) A Bíblia também o chama de “o deus deste sistema de coisas”, que é honrado pelas práticas religiosas dos que se apegam a este sistema de coisas. — 2 Cor. 4:4; 1 Cor. 10:20.

Procurando tentar a Jesus Cristo, o Diabo “o levou . . . para cima e lhe mostrou todos os reinos da terra habitada, num instante de tempo; e o Diabo disse-lhe: ‘Eu te darei toda esta autoridade e a glória deles, porque me foi entregue e a dou a quem eu quiser. Se tu, pois, fizeres um ato de adoração diante de mim, tudo será teu.’” (Luc. 4:5-7) Apocalipse 13:1, 2 mostra que Satanás dá ‘poder, trono e grande autoridade’ ao sistema político global de governo. Daniel 10:13, 20 revela que Satanás tem tido príncipes demoníacos sobre os principais reinos da terra. Efésios 6:12 menciona a tais como constituindo ‘governos, autoridades, governantes mundiais desta escuridão, forças espirituais iníquas nos lugares celestiais’.

Não é de admirar que 1 João 5:19 diga: “O mundo inteiro jaz no poder do iníquo.” Mas seu poder é apenas por um período limitado, e é só por tolerância da parte de Javé, que é o Deus Todo-poderoso, que irá destruir tal criatura depois dos mil anos para todo o sempre!!! — Apocalipse 20:1-10


Realmente o mundo jaz no poder do pecado, que é o deus deste sistema de coisas personificado em suas diversas manifestações como o diabo. Tudo o que foi dito acima pelas TJ não prova que o diabo é uma criatura espiritual que se rebelou contra Deus.

Todo o mundo está possuído por esta rebelião contra Javé, os crentes têm que lutar contra a suas próprias tendências pecaminosas e seguir uma vida espiritual, Paulo chamou dessa tendência pecaminosa como "pendor da carne", e disse que a carne "milita contra o espírito". "governos, autoridades, governantes mundiais desta escuridão, forças espirituais iniquas nos lugares celestiais", são os humanos em posições de autoridade e que governam no poder do pecado. Por exemplo na Bíblia vemos que as palavras Sol, estrelas, céu, etc são usadas para descrever poderes terrenos, como reis, principes, poderes religiosos etc.

Javé é que tem o controlo do mundo e não um ser maligno espiritual, Deus nunca daria o mundo a um tal ser, isso seria uma contradição, isto é o que dá versículos Bíblicos literalmente sem tomar o contexto local e geral da Bíblia. Todos sabemos que não existe um monte no mundo de onde se possa ver todos os reinos do mundo, logo a passagem não é totalmente literal. Mas voltando a quem é o Senhor do mundo realmente:

"Conheçam os viventes que o Altíssimo tem domínio sobre o reino dos homens; e o dá a quem quer e até ao mais humilde dos homens constitui sobre eles." (Daniel 4:17)

"Deus reina sobre as nações;" (Salmo 47:8)

"Ó SENHOR dos Exércitos, Deus de Israel, que estás entronizado acima dos querubins, tu somente és o Deus de todos os reinos da terra; tu fizeste os céus e a terra." (Isaías 27:16).

Existe uma contradição nas Escrituras? Claro que não! Sabesmo que Javé é que reina no mundo através dos seus anjos que andam pelo mundo fazendo como que ele caminhe para a situação em que o Reino será estabelecido. Podem ler em Daniel um exemplo dos Anjos operando nas nações.

O deus deste mundo é o espírito da rebeldia que existe no mundo: "Ele vos deu vida, estando vós mortos nos vossos delitos e pecados, nos quais andastes outrora, segundo o curso deste mundo[/u], segundo o príncipe da potestade do ar, do espírito que agora atua nos filhos da desobediência; entre os quais também todos nós andamos outrora, [u]segundo as inclinações da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos, por natureza, filhos da ira, como também os demais." (Efésios 2:1- 3)

Esta passagem se explica a si mesma, o espírto que opera nos filhos da desobediencia é o espírito da desobediencia em cada humano segundo as inclinações da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos. Note bem "fazendo a vontade da CARNE e dos PENSAMENTOS", não a vontade de um anjo caído.

Se vemos o versículo isolado como usado pelas TJ "nos quais andastes outrora, segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe da potestade do ar, do espírito que agora atua nos filhos da desobediência;", é muito fácil cair na armadilha de manipular o versiculo para fazer ser "o espírito da postestade do ar" o quer que queiramos, mas checando o contexto vemos o que realmente é. Cuidado com os versículos tirados do seu contexto!.

"porque a nossa luta não é contra o sangue e a carne, e sim contra os principados e potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal, nas regiões celestes." (Efésios 6:12)

Esta passagem sem tomar o contexto geral da Bíblia, que é que os anjos não pecam. Parece que temos aqui um caso que apoia a superstição de um anjo caído, pois fala que não é contra sangue nem carne, fala em força espiritual e em regiões celestes.

Mas a nossa luta não e contra sangue e carne porque não andamos lutando contra outros, matando, a nossa luta é uma luta do pensamento, na cabeça, mental, de argumentos. as forças espírituais do mal, são as religiões que promovem o falso evangelho, e estão em regiões celestes, significando que têm poder sobre outras pessoas. As TJ por exemplo apresentam um falso evangelho, são forças espirituais, porque são uma religião, a religião é algo que tema conta do espírito, aquelas TJ em Brooklin que escrevem os livros e revistas e ditam o que milhões devem crer estão em regiões celestes, e manipulam milhões de almas. Depois estas almas qual exercitos vão pelo mundo proclamando essas mesmas coisas e com essas travamos lutas que não são contra sangue e carne mas contra essas falsas ideias. "Estai, pois, firmes, cingindo-vos com a verdade e vestindo-vos da couraça da justiça", "embraçando sempre o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do Maligno. Tomai também o capacete da salvação e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus;" Estas passagens no mesmo capítulo mostra que a armadura e arma contra o diabo não é uma armadura para a luta corpo a corpo como numa guerra convencional, mas vemos que a armadura é composta de característica do espirito como exemplo, justiça, fé, verdade, e a espada é a Palavra de Deus. Por isso a luta não é contra sangue ou carne, mas contra as ideologias. MAis uma vez a passagem de 6:12 sozinha pode parecer que esta falando de algo que realmente não está.

Em relação à parte final do versículo "as forças espirituais do mal, nas regiões celestes", como já disse são as religiões falsas e os humanos investidos de poder em tais organizações, na mesma epístola lemos que a pregação levaria o verdadeiro evangelho ao conhecimento de tais forças espirituais: "para que, pela igreja, a multiforme sabedoria de Deus se torne conhecida, agora, dos principados e potestades nos lugares celestiais," (Efesios 3:10) e os crentes quando batizados são colocados numa posição de poder em Cristo, conhecendo a Verdade(eles agora têm o poder usando a espada(A Palavra) para refutar e mostrar o erro, no reino exercitarão muito mais plenamente esse poder "serão sacerdotes de Deus e de Cristo e reinarão com ele os mil anos."), "Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que nos tem abençoado com toda sorte de bênção espiritual nas regiões celestiais em Cristo," (Efésios 1:3), os outros que se dizem cristãos mas que pregam um falso evangelho estão em regiões celestiais(ou seja de poder) mas não em Cristo.

Conclusão final, o texto refutado baseado nas doutrinas das Testemunhas de Jeová não prova que o diabo é um anjo caído, não apresenta qualquer prova Bíblica de o diabo era um anjo, que se rebelou contra Deus por inveja e que tenta os homens. Pelo contrário temos o testemunho de Jesus que todo o mal sai do coração do homem e em Tiago temos o processo que leva à morte: concupiscencia -> pecado -> morte. E o apóstolo paulo disse aos crentes "não vos sobreveio tentação que não fosse humana". Também mostrei que no Antigo Testamento Javé sempre culpou e castigou os humanos pelos seus pecado, nem uma vez é mencionada a palavra diabo e a humanidade nunca é avisada da existência de anjos caídos, e palavra "satan" quando aparece no texto original é usada tanto de anjos de Deus como humanos, não denotando a condição moral daquele que é chamado satan mas sim a sua capacidade naquele momento como opositor ou adversário de alguém. Mostrei também que Jesus prometei que os crentes serão como os anjos, e que os anjos não podem morrer logo não pecam porque o salário do pecado é a morte. Toquei em outros pontos como por exemplo que na oração do pai nosso é dito que a vontade de Deus é feita no céu e pedimos que isso venha para a terra. Mostrei que existe uma luta entre a carne e o espírito, ou seja humanos contra a natureza divina. Aqueles que acreditam no diabo como anjo caído, acreditam num ser que sendo espiritual participa da natureza divina, e que usa o Espírito Santo de Deus para o mal, pois só JAvé tem poder, e o delega a quem quer ("O poder pertence a Deus"(Salmo 62:11)). Se Satanás é um ser espiritual teria que ter poderes que são únicos a Deus, como por exemplo onisciencia e onipresença, ou seja estar em todo o lugar ao mesmo tempo e saber tudo, pois o diabo da cristandade sabe tudo o que cada um dos humanos pensa e está em todo o lugar ao mesmo tempo. O que também, é uma contradição e impossibilidade. No final foi refutado algumas passagens favoritas das TJ, e como sempre apresentadas fora do contexto; quando o contexto é tomado em conta se vê que não querem dizer nada disso que eles afirmam. Para além do mais, tem que ser usada muita invenção e interpolação para dizer que essas passagens falam de um ser espiritual caido porque elas mesmo isoladas não falam isso. Desafiei os que acreditam que o diabo é uma criatura espiritual caída que apresentem uma história de vida dele com passagens Bíblicas.
Bereano
Site Admin
 
Mensagens: 267
Data de registro: Seg Set 27, 2010 12:32 am

Re: Discussão - Satanás é uma pessoa espiritual?

Mensagempor MARCELO VALLE » Seg Jan 10, 2011 4:02 pm

Mauro,

Infelizmente, o que eu sempre observo, é que as pessoas colocam o anjo rebelde em pé de igualdade com Deus, você e as TJ adotam as mesmas opiniões comuns da cristandade....infelizmente......

Como já lhe disse, diversas vezes mas você parece não dar atenção - A palavra hebraica satan - שָטָן (significando adversário, acusador) assim como o árabe الشيطان (shaitan), derivam da raiz semítica šṭn, significando ser hostil, acusar..(Segundo o American Heritage - dicionário de raízes semíticas).

É você que insiste em dizer que satanás é um nome usado para se referir a um "anjo que se rebelou contra Deus". A bíblia nunca diz isso.....

Por falar nisto, já que você diz que Ele existe, prove então pela BIBLIA:

Quando foi sua origem?
Qual o motivo real da rebelião?
Quando foi sua queda?
Porque ele desenvolveu "no céu" este sentimento hostil?
Porque Deus permite este ser afligir a humanidade, dando-lhe tempo para destruí-lo apenas no fim das eras??

Veja, queremos no mínimo respostas biblicas, não me venha com "respostas prontas das TJ"...

Com relação a Jó, eu estava preparando um estudo mais detalhado para te passar, mas como percebí que você só quer contender e não estudar ou debater, apenas ficarão os seguintes detalhes para você analisar:

1 - A palavra SATANÁS (precedida ou não pelo artigo) significa ADVERSÁRIO, OPOSITOR, podendo se referir a homens, a sistemas iniquos de governos, a anjos de Deus em obras de oposição e até ao próprio Deus... Nada além disso.

Assim quando lemos em Jó e Zacarias 3 sobre Ha Satan (o satanás), não estamos fazendo a leitura de uma pessoa específica, cujo nome pessoal seja "satanás". Nós estamos lendo sobre uma pessoa que "funcionava" como um adverrsário (um satã).

Aqui a palavra descreve um titulo, não um nome próprio. Em outras palavras, o satã do livro de Jó descreve um personagem que se tornou um adversário de Jó. Note como o HOMEM Hamã é chamado de satã em Ester 7:6 e 8:1.

2 - Jó tem 42 capítulos, e o satanás de Jó aparece apenas nos 2 primeiros capítulos, uma grande evidência a se PESAR, a fim de defender esta teoria de que este seja um anjo rebelado contra Deus. E em nenhum lugar do livro sugere a idéia de que seja um anjo caído..

3 - como pode satanás estar lá no céu e também junto com Jó na terra, se como se diz a crença popular ele foi expulso do céu no genesis ou o foi em 1914 D.C, como diz os TJ?

4 - Pela leitura "atenta" de Jó, percebe-se que este adversário nutria um ódio incomum contra ele, e pediu permissão a Deus, para que Deus tocasse em Jó, porque este adversário o acusava de que Deus o havia cercado de bens e abençoado tudo na vida dele (Jó 1:9,10).

5 - O próprio adversário pede a Deus, para que Deus "toque" em tudo o que Jó tem, não ELE PRÓPRIO( O adversário)
com seu suposto poder maléfico (v. 11,12).

6 - Do verso 13 até o verso 21, percebe-se pela leitura "atenta" do texto, quem foram os agentes das afliçoes causadas a Jó e sua família e não há insinuações de um ANJO MAL: veja quem são:

Os sabeus (não o diabo) (v. 15);

Fogo de Deus (não do diabo) caiu do céu e queimou as ovelhas e os servos (v. 16);

Os caldeus com 3 tropas (não o diabo) guerrearam contra os servos de Jó (v. 17);

Um grande vento ( quem manda nos ventos - o diabo???) sobreveio dalém do deserto e fez com que a casa caísse ( v. 19);

O próprio Jó afirma que quem lhe enviou aquele mal foi o Senhor (Jó 1:21).

E disse: Nu saí do ventre de minha mãe e nu tornarei para lá; o SENHOR o deu, e o SENHOR o tomou: bendito seja o nome do SENHOR.

Jó diz - O Senhor o deu, o Senhor tomou ( não diz que foi o diabo que tomou).. E em tudo isto ele não pecou com seus lábios......

Você diz que a tradução é: "servidores celestiais vieram apresentar-se perante o Senhor".....

Nada mais tendencioso do que isto...A expressão hebraica desta passagem é "b´nei ha elohim", literalmente Filhos de Deus...

Por favor, não tente usar traduções errôneas para defender sua tese, e também é a mesma coisa que tentei lhe dizer no início, que as traduções (que grafam determinadas palavras com letra maiúscula) normalmente influenciam o leitor para que pensem se tratar de uma pessoa, sintomático de pessoas que não gostam de estudar por si mesmas, para perceber estes detalhes.......

7 - Apresentar-se perante Deus, neste texto, não significa que seja lá no céu, como a tradição ensina, veja:

Deut. 19:17;
Gen. 4:16;
Lucas 2:22 (Jesus foi apresentado como bebê perante o Senhor);

8 - Veja estes versos e decida afinal - foi Deus ou o satanás (anjo rebelde) que causou o mal a Jó;

Jó 1:11 - Mas estende a tua mão, e toca-lhe em tudo quanto tem, e verás se não blasfema contra ti na tua face.

Jó 1:21 - E disse: Nu saí do ventre de minha mãe e nu tornarei para lá; o SENHOR o deu, e o SENHOR o tomou: bendito seja o nome do SENHOR.

Jó 2:5 - Porém estende a tua mão, e toca-lhe nos ossos, e na carne, e verás se não blasfema contra ti na tua face!

Jó 2:10 - Porém ele lhe disse: Como fala qualquer doida, falas tu; receberemos o bem de Deus, e não receberíamos o mal? Em tudo isto não pecou Jó com os seus lábios.

Jó 8:4 - Se teus filhos pecaram contra ele, também ele os lançou na mão da sua transgressão.

Jó 19:21 - Compadecei-vos de mim, amigos meus, compadecei-vos de mim, porque a mão de Deus me tocou.

Jó 42: 11 - Então vieram a ele todos os seus irmãos, e todas as suas irmãs, e todos quantos dantes o conheceram, e comeram com ele pão em sua casa, e se condoeram dele, e o consolaram acerca de todo o mal que o SENHOR lhe havia enviado; e cada um deles lhe deu uma peça de dinheiro, e um pendente de ouro.

Veja Mauro, que o mal não foi "permitido por Deus" para que satanás (anjo rebelde) o afligisse, mas foi o próprio Senhor que o enviou, assim diz o texto.....

Saudações,
Marcelo Valle
MARCELO VALLE
Bronze
 
Mensagens: 67
Data de registro: Dom Out 03, 2010 7:45 pm

Re: Discussão - Satanás é uma pessoa espiritual?

Mensagempor MARCELO VALLE » Sex Jan 14, 2011 2:01 pm

Citação:

"Tiago 1:14, 15 explica: “Cada um é provado por ser provocado e engodado pelo seu próprio desejo. Então o desejo, tendo-se tornado fértil, dá à luz o pecado.” No caso de Eva, os desejos errados começaram a se desenvolver quando ela escutou com interesse a Satanás, que usou uma serpente como porta-voz".

Observem os leitores do fórum, como uma pessoa faz a leitura de um texto bíblico, de acordo ao que a sua denominação manda e não seguindo uma exegese sadia e contextualizada das escrituras.
Primeiro cita um versículo de tiago, cujo contexto indica a tentação pessoal de cada um, porém depois "torce" o relato da tentação de Eva, por causa de sua crença denominacional.

Observem que se somos tentados pelo nosso próprio desejo, onde se encaixa aqui a figura tentadora do "satanás da crença popular"? A pessoa espiritual do mal?

E não é só este verso que afirma isto. Marcos 7:21 e Mateus 15:19 e outros, são claros em afirmar que é dentro do coração do próprio ser humano que existe os elementos que nos fazem pecar. Não há insinuações nestes relatos bíblicos de que algum ser maligno possa nos induzir, ou como disse o objetor, "escutar com interesse a satanás", fazendo-nos cair em pecados. O livro de Romanos é extremamente envolvido com o tema do pecado e da luta interna que o humano passa e em momento algum, afirma que essas tentações são frutos de uma "indução malígna" externa. Leia Rom. 7:15-25.

A crença comum, introduz elementos ao relato biblico da tentação de Eva, que não existem no texto. Após Deus ter verificado o pecado de Adão e Eva, percebam que a partir do v. 14 de Genesis 3, Deus pune cada ser responsável alí.

Primeiro Ele pune a serpente, que era apenas um animal do campo que Javé tinha feito (Gen. 3:1, 14,15);
Depois pune a mulher (v. 16);
Depois então Adão (v. 17).

E satanás, por que não foi punido? Qual foi a razão da não punição dele? Deus quis puní-lo apenas no final dos tempos, como afirmam os ASD, para mostrar aos seus anjos e a todo universo o verdadeiro caráter deste ser??
Mas o texto somente relata 3 seres. Onde está o quarto ser?

Por esse motivo é perigoso "ler segundo a ótica de sua denominação". A maioria das pessoas tendem a dar mais valor a satanás, como anjo rebelde e poderoso, do que ao próprio Deus Javé, criador e sustentador de todo o universo e aí ficam inventando coisas, que não estão e nunca estiveram no texto bíblico. Para mim, uma constatação certa e triste.

Saudações

Marcelo Valle.
MARCELO VALLE
Bronze
 
Mensagens: 67
Data de registro: Dom Out 03, 2010 7:45 pm

Re: Discussão - Satanás é uma pessoa espiritual?

Mensagempor luzdalua » Qua Jun 22, 2011 12:49 pm

Satanás é uma pessoa espiritual? E porque nao deveria ser? Ao lermos os relatos biblicos vemos que se trata sim de uma pessoa espiritual ,vejamos o relato sobre quando Jesus foi tentado la diz Mat.4:1-11(leia) ai mostra uma conversa entre Jesus e Satanas, uma narativa entre duas pessoas isso mostra que o mal nao é algo dentro de alguém,e Jesus era perfeito sem maldade.
luzdalua
Bronze
 
Mensagens: 44
Data de registro: Seg Abr 18, 2011 7:45 pm

Re: Discussão - Satanás é uma pessoa espiritual?

Mensagempor MARCELO VALLE » Qui Jun 23, 2011 2:50 am

Luz da Lua,

Por favor, leia este link: viewforum.php?f=21

Alí tem toda a argumentação biblica sobre o que é satanás.

Marcelo Valle
MARCELO VALLE
Bronze
 
Mensagens: 67
Data de registro: Dom Out 03, 2010 7:45 pm

Re: Discussão - Satanás é uma pessoa espiritual?

Mensagempor luzdalua » Qui Jun 23, 2011 10:37 pm

Boa noite a Todos,

Quando a Biblia fala de Satanás, ela nunca se referiu a ( Satanás das crenças atuais com chifre rabo e um grande garfo). Mesmo porque a palavra Significa Opositor, a as Escrituras indicam que ele nem sempre teve esse nome. O nome descritivo foi dado por ele ter adotado um proceder de oposiçao e resistencia a Deus. Nao se fornece informaçao de que tivesse outro nome antes de se tornar Stanás.
Portanto, aquele que se tornou Satanás, quando foi criado era uma criatura perfeita e justa de Deus. É uma pessoa espiritual, pois compareceu na presença de Deus no céu. (Jó 1: 6 " Num dia em que os filhos de Deus vieram apresentar-se perante Jeová, sucedeu vir também entre eles Satanás" - Jó 2:1 "Num dia em que os filhos de Deus vieram apresentar-se perante Jeová, sucedeu vir também Satanás entre eles apresentar-se perante Jeová.) Jesus Cristo disse a respeito dele: “Esse foi um homicida quando começou, e nao permaneceu firme na verdade, porque nao há nele verdade.” (Jo 8:44; 1Jo 3:8) Jesus mostra com isso que Satanás outrora estava na verdade, mas a abandonou. A partir do seu primeiro ato premeditado em desviar Adão e Eva de Deus, ele era homicida, porque causou com isso a morte de Adão e Eva, o que, por sua vez, causou a morte dos descendentes deles. (Ro 5:12) Em toda a Escritura, as qualidades e ações que lhe sao atribuídas podiam ser atribuídas apenas a uma pessoa, não a um princípio abstrato do mal. É evidente que os judeus, e Jesus e seus discípulos, sabiam que Satanás existia como pessoa.
luzdalua
Bronze
 
Mensagens: 44
Data de registro: Seg Abr 18, 2011 7:45 pm

Re: Discussão - Satanás é uma pessoa espiritual?

Mensagempor MARCELO VALLE » Sex Jun 24, 2011 7:08 pm

LUZ DA LUA

Em qual parte das escrituras está escrito que "satanás nem sempre foi chamado satanás"?
Já procurou saber que a palavra "satanás" não é um nome pessoal mas descreve uma função, a de ser um adversário e um opositor?

Sendo assim, a acepção da palavra pode ser atribuida a anjos de Deus, a seres humanos, a sistemas de governos e até ao proprio Deus?

APLICAÇÕES DO VOCÁBULO “SATAN” NA BÍBLIA:

Referindo-se a homens: João 6:70, 71 / Mateus 16:23 / Ester 7:4 e 8:1;
Referindo-se a anjos de Deus: Números 22:22 e 32 / 1 Crônicas 21:16;
Referindo-se a sistemas de governos: Apocalipse 2:10 e 13 / 1 Pedro 5:8;
Referindo-se ao próprio Deus: 2 Sm 24:1 com 1 Cr. 21:1.

Assim quando lemos em Jó e Zacarias 3 sobre HaSatan (o adversário), não estamos fazendo a leitura de uma pessoa específica, cujo nome pessoal seja "satanás". Nós estamos lendo sobre uma pessoa que "funcionava" como um adversário (um satã). Note por exemplo como o HOMEM Hamã é chamado de O SATAN em Ester 8:1.

Leia por favor o link que fala sobre - QUEM É O SATAN DO LIVRO DE JÓ...


CONTINUAREMOS...


MARCELO VALLE
MARCELO VALLE
Bronze
 
Mensagens: 67
Data de registro: Dom Out 03, 2010 7:45 pm

Re: Discussão - Satanás é uma pessoa espiritual?

Mensagempor luzdalua » Dom Jul 10, 2011 9:40 pm

Boa Noite, Marcelo

O nome verdadeiro do anjo que se tornou Satanás é desconhecido. Os termos “Satanás” e “Diabo” significam “Opositor” e “Caluniador”. (Ezequiel 28:14 -15) fala dele com o Querubim Ungido e sem defeito desde o dia em que foi criado. Quando induziu Eva á pecar, recebeu outos nomes caracteristicos como descrito no livro de Apocalipse cáp 12: 7-9- o identifica como o Dragao e a Serpente Original.
luzdalua
Bronze
 
Mensagens: 44
Data de registro: Seg Abr 18, 2011 7:45 pm

Re: Discussão - Satanás é uma pessoa espiritual?

Mensagempor MARCELO VALLE » Ter Jul 12, 2011 1:37 pm

Olá LUZ DA LUA,

Que bom que você está de volta. Veja só:

A crença na "denominação" e não na "bíblia", ofusca o entendimento de determinadas passagens e de determinados termos bíblicos.

Insisto que você precise muito se desfazer desta bagagem que você adquiriu na TJ, para que possa realmente alcançar o entendimento correto da passagem bíblica. Estou dizendo isso por que sou dono da verdade? DE MODO NENHUM!

Estou dizendo isso, porque eu também vivia cheio do meu modo de pensar, da maneira de interpretar de minha denominação e enquanto não me "esvaziei" destes conceitos, não consegui enxergar a verdade.

Não existe esta coisa de "anjo que se tornou satanás" e nem que seu suposto "nome seja desconhecido". Que teoria interessante e mirabolante!!

O Vocábulo SATAN descreve funções de "oposição", de ser "adversário", portanto pode ser aplicado a pessoas, anjos e etc.

CONFIRA NA SUA PRÓPRIA BÍBLIA AS SEGUINTES PASSAGENS SOBRE A APLICAÇÃO DESTE VOCÁBULO: (ANALISE O CONTEXTO EM QUE ELAS ESTÃO)

Referindo-se a homens:

João 6:70, 71 - Jesus respondeu-lhes: “Não escolhi eu a vós doze? Contudo, um de vós é um caluniador.” Ele estava, de fato, falando de Judas, [filho] de Simão Iscariotes; porque este ia traí-lo, embora [fosse] um dos doze.
Aqui a TNM foi corretíssima, pois traduziu o vocábulo grego diabolos na sua forma correta- caluniador.

Mateus 16:23 - Mas ele, voltando-lhe as costas, disse a Pedro: “Para trás de mim, Satanás! Tu és para mim pedra de tropeço, porque não tens os pensamentos de Deus, mas os de homens.”

Ester 7:5,6 - O Rei Assuero disse então, sim, prosseguiu dizendo a Ester, a rainha: “Quem é este, e onde é que está este que se afoitou a fazer assim? Ester disse então: “O homem, o adversário [hebraico: satan] e inimigo, é este mau Hamã.”

Ester 8:1 - Naquele dia deu o Rei Assuero a Ester, a rainha, a casa de Hamã, aquele que mostrara hostilidade [satan] para com os judeus...

OBS.: Aqui a TNM usou a palavra "hostilidade" para traduzir o vocábulo satan, mas na ACF a palavra usada foi "inimigo".

Naquele mesmo dia deu o rei Assuero à rainha Ester a casa de Hamã, inimigo [satan] dos judeus; ACF

Referindo-se a anjos de Deus:

Números 22:22 e 32 - E começou a acender-se a ira de Deus, porque ele ia; e o anjo de Jeová foi postar-se na estrada para se lhe opor; O anjo de Jeová disse-lhe então: “Por que espancaste tua jumenta estas três vezes? Eis que eu é que saí para fazer oposição, porque teu caminho tem sido temerariamente contrário à minha vontade.

1 Crônicas 21:15,16 - Outrossim, o [verdadeiro] Deus enviou um anjo a Jerusalém para a arruinar; e assim que ele começou a arruinar, Jeová o viu e começou a deplorar a calamidade; e por isso disse ao anjo que causava a ruína: “Basta! Abaixe-se agora a tua mão.” E o anjo de Jeová estava perto da eira de Ornã, o jebuseu.

Quando Davi levantou os seus olhos, chegou a ver o anjo de Jeová de pé entre a terra e os céus, com a espada desembainhada na mão estendida para Jerusalém; e Davi e os anciãos, cobertos de serapilheira, lançaram-se imediatamente com as suas faces [por terra].

Referindo-se a sistemas de governos:

Apocalipse 2:10 e 13 - Não tenhas medo das coisas que estás para sofrer. Eis que o Diabo estará lançando alguns de vós na prisão, para que sejais plenamente provados, e para que tenhais tribulação por dez dias. Mostra-te fiel até a morte, e eu te darei a coroa da vida.

Sei onde estás morando, isto é, onde está o trono de Satanás; contudo, persistes em apegar-te ao meu nome e não negaste a tua fé em mim, mesmo nos dias de Ântipas, minha testemunha, o fiel, que foi morto ao vosso lado, onde Satanás está morando.

OBS: Porque nesta passagem, a TNM não traduziu o vocábulo diabolos por caluniador?

1 Pedro 5:8 - Mantende os vossos sentidos, sede vigilantes. Vosso adversário, o Diabo, anda em volta como leão que ruge, procurando [a quem] devorar.

OBS: procure o significado neste texto da palavra “adversário” e você irá entender quem era o diabo a que Pedro se referiu.

Referindo-se ao próprio Deus:

2 Sm 24:1 com 1 Cr. 21:1 - E novamente veio a acender-se a ira de Jeová contra Israel, quando se instigou Davi contra eles, dizendo: “Vai, faze a contagem de Israel e de Judá;
E Satanás passou a pôr-se de pé contra Israel e a instigar Davi a recensear Israel.

Veja que SATAN E DIABOLOS não são e nunca foram "nomes pessoais" e nem descrevem nenhum ser sobrenatural. É óbvio que o anjo de Deus é um ser sobrenatural, mas não no sentido proposto da palavra que a TJ pretende dar.

Gostaria também que você desse uma olhada neste blog: http://evandro-blogdoevandro.blogspot.com/

MARCELO VALLE
MARCELO VALLE
Bronze
 
Mensagens: 67
Data de registro: Dom Out 03, 2010 7:45 pm

Re: Discussão - Satanás é uma pessoa espiritual?

Mensagempor luzdalua » Qua Jul 13, 2011 8:40 pm

Oi Marcelo, tudo bem com vc ? Desculpe estou um pouco adoentada mas vai passar, por isso nao tenho aparecido com tanta frequencia.

Boa Noite,

Olha voltando ao tema, nao vejo razao pra estar tao preocupado se Satanas é nome ou nao se é espiritual ou pessoa. O fato é que ele existe quer "assim ou assado" a propria
Biblia diz que ele tem desencaminhado toda a terra habitada e temos provas suficientes disso, por esse motivo Paulo disse em 2Cort 4:4 "nos quais o "deus" deste mundo cegou as mentes dos incrédulos, para que não lhes raiasse a luz do Evangelho da glória de Cristo, o qual é a imagem de Deus." Paulo referiu-se a Satanás chamando-o de "deus " deste sistema.
luzdalua
Bronze
 
Mensagens: 44
Data de registro: Seg Abr 18, 2011 7:45 pm

AnteriorPróximo

Retornar para Diabo e Demónios

Quem está online

Usuários vendo este fórum: Nenhum usuário registrado online e 1 visitante